Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ.Há 9 anos lutando pelos jornalistasUnidos somos mais fortesÚnica entidade nacional de jornalistas que aceita associados com ou sem diploma.
61% dizem que informações publicadas pela imprensa são mais ou menos confiáveis

61% dizem que informações publicadas pela imprensa são mais ou menos confiáveis

Bolsonaristas desconfiam mais.

Leia levantamento do PoderData.

Levantamento feito pelo PoderData sobre a credibilidade da imprensa mostrou que a maioria dos brasileiros (61%) tem algum nível de desconfiança em relação ao trabalho realizado pela imprensa brasileira e considera as notícias publicadas nos veículos de comunicação como “mais ou menos confiáveis”.

O percentual aumentou 6 pontos desde o último levantamento feito sobre o tema, no final de agosto.

Apenas 16% da população avalia o noticiário como “muito confiável”, número que fica em empate (dentro da margem de erro de 2 pontos da pesquisa) com os 17% que dizem que a mídia é “pouco confiável”. Outros 3% a acham nem 1 pouco confiável e 3% não sabem.

A pesquisa foi realizada pelo PoderDatadivisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é realizada em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Os dados foram coletados de 12 a 14 de outubro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 503 municípios, nas 27 unidades da Federação. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

Os grupos com as maiores proporções de pessoas que consideram as informações publicadas pela imprensa confiáveis são: os que ganham mais de 10 salários mínimos (33%); e os que têm de 16 a 24 anos (30%).

Já os maiores percentuais de pessoas que desconfiam das informações publicadas pela imprensa estão entre os que ganham mais de 10 salários mínimos (37%) e entre os homens (28%).

APOIADORES DE BOLSONARO DESCONFIAM MAIS

O levantamento mostrou que o grupo que avalia o presidente como “ótimo” ou “bom” duvida mais da imprensa. Entre os entusiastas do governo Bolsonaro, são 34% os que consideram a mídia “pouco” ou “nem 1 pouco confiável”

A confiança na imprensa é maior entre aqueles que consideram Bolsonaro “ruim” ou “péssimo“. São 85% desse grupo que enxergam a mídia como “mais ou menos” ou “muito confiáveis“.


FONTE:

https://www.poder360.com.br/poderdata/61-dizem-que-informacoes-publicadas-pela-imprensa-sao-mais-ou-menos-confiaveis/