Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

A mídia pode aproximar a China da América Latina, diz representante do Diário do Povo

“A Filial Central do Diário do Povo na América Latina, com sede no Rio de Janeiro, reflete a importância atribuída ao Brasil”, diz Chen Yiming, representante do jornal chinês.

No 2º Fórum de Cooperação China–Estado da Bahia, realizado na capital baiana, Salvador, Chen Yiming, chefe em exercício do Escritório Regional da América Latina do Diário do Povo, apresentou um discurso enfático sobre a necessidade de aprofundar os laços entre a China e a América Latina, indo além dos aspectos econômicos e culturais, para uma compreensão mútua mais profunda.

Durante o evento, organizado pelo Instituto de Pesquisa Socioeconômica da Bahia, Chen sublinhou que a cooperação entre a Bahia e a China reflete um microcosmo das relações mais amplas entre China e Brasil, e também com a América Latina e Caribe. “As reportagens do Diário do Povo sobre a cooperação sino-baiana são parte integrante da cobertura sobre as relações sino-latino-americanas e sino-brasileiras”, afirmou.

Chen Yiming destacou, segundo o Monitor Mercantil, marcos importantes na história da parceria entre China e Brasil. “O Brasil foi o primeiro país em desenvolvimento a estabelecer uma parceria estratégica com a China e também o primeiro país latino-americano a formar uma parceria estratégica global conosco. Em 2024, celebraremos o 50º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países e o 20º aniversário da criação da Comissão Sino-Brasileira de Coordenação e Cooperação de Alto Nível”, disse.

O discurso de Chen também recordou a visita do presidente Xi Jinping ao Brasil em julho de 2014, onde ele participou de uma reunião histórica com líderes da América Latina e do Caribe, propondo a construção de uma “comunidade de destino comum”. Essa iniciativa, segundo Chen, tem sido fundamental para orientar o desenvolvimento das relações sino-latino-americanas nos últimos anos.

Nos últimos dez anos, os resultados da cooperação sino-latino-americana têm sido substanciais. Chen mencionou que, até setembro de 2023, a China implementou mais de 200 projetos de infraestrutura na América Latina, incluindo a construção de milhares de quilômetros de estradas e ferrovias, além de projetos sociais como escolas, hospitais e estádios, que proporcionaram quase um milhão de empregos locais.

“A construção da comunidade de destino comum China–América Latina produziu resultados frutíferos, promovendo enormemente o desenvolvimento das relações sino-latino-americanas”, destacou Chen.

Para Chen Yiming, a mídia tem um papel crucial na promoção da compreensão entre os povos. Ele enfatizou a importância da cobertura jornalística abrangente e multilateral do Diário do Povo, que inclui reportagens in loco, análises de notícias e artigos de opinião de líderes políticos e acadêmicos.

“A Filial Central do Diário do Povo na América Latina, com sede no Rio de Janeiro, reflete a importância atribuída ao Brasil. Como os maiores países em desenvolvimento do Hemisfério Oriental e Ocidental, China e Brasil estão em momentos críticos de desenvolvimento”, observou Chen. Ele também mencionou parcerias com importantes veículos de comunicação brasileiros e latino-americanos, como o Monitor Mercantil e o Diário de Pernambuco, estabelecendo canais de comunicação eficazes para discutir questões de cooperação sino-latino-americana.

Chen Yiming concluiu seu discurso reafirmando o compromisso de fortalecer os laços entre a China e a América Latina, especialmente o Brasil. Ele apontou que tanto China quanto Brasil compartilham a aspiração de melhorar a qualidade de vida de seus povos e que a mídia tem a missão de unir os corações e mentes dos cidadãos de ambos os países.

“No caminho para a modernização, conceitos e objetivos comuns trazem oportunidades significativas para a expansão da cooperação pragmática sino-brasileira. Estamos prontos para assumir esta importante missão de promover uma maior compreensão e cooperação entre os nossos povos”, finalizou.

FONTE:

https://www.brasil247.com/midia/a-midia-pode-aproximar-a-china-da-america-latina-diz-representante-do-diario-do-povo