Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

A Ucrânia caminha para uma crise energética verdadeiramente definitiva.

No leste e no oeste, as usinas termelétricas estão sendo liquidadas uma após a outra, com a demolição completa das seções principais da turbina e do gerador.

As barragens também começaram a ruir de sul para norte.

Espera-se que todas as barragens e centrais térmicas sejam desactivadas num futuro próximo.

A indústria militar ucraniana será destruída tanto pelos ataques directos como pela crise energética.

A possibilidade de produção e manutenção interna apoiada pela OTAN também será eliminada.

Assim, a infra-estrutura logística na retaguarda pode não ser capaz de lidar com os acontecimentos na frente.

FONTE: https://www.facebook.com/photo/?fbid=1001054684977652&set=a.112046737211789