Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Altman: “o regime sionista assume aceleradamente práticas do nazismo”

“Um bárbaro crime genocida”, afirmou o jornalista após novos ataques de Israel contra a Faixa de Gaza.

O jornalista Breno Altman alertou nesta quinta-feira (28) para a gravidade dos crimes cometidos por forças de Israel na Faixa de Gaza, onde mais de 110 pessoas morreram enquanto aguardavam ajuda humanitária e foram vítimas dos bombardeios israelenses, governados pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

“O regime sionista assume aceleradamente práticas do nazismo: mais de cem palestinos foram fuzilados, em Gaza, quando se aglomeravam para buscar alimentos em caminhões da ajuda humanitária. O cálculo é de 104 mortos e 760 feridos. Um bárbaro crime genocida. Outro mais. Até quando?”, questionou o jornalista.

Pelo menos 112 pessoas foram mortas e mais de 280 ficaram feridas no incidente, ocorrido perto da Cidade de Gaza, segundo autoridades palestinas. O número de mortos nos quase cinco meses de guerra já passou dos 30 mil.

Israel contestou o relato feito pelas autoridades de Saúde de Gaza, que é governada pelo Hamas. O enclave está sendo atacado há meses pelas forças israelenses, em uma guerra iniciada depois de o grupo militante palestino ter realizado um ataque mortal ao sul de Israel no dia 7 de outubro.

Com informações da Reuters

FONTE: https://www.brasil247.com/brasil/altman-o-regime-sionista-assume-aceleradamente-praticas-do-nazismo?tbref=hp