Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Após ofensiva contra Moraes, Elon Musk ataca Zanin e Dino

O bilionário segue atacando a soberania nacional e autoridades brasileiras.

Nesta sexta-feira (12), Elon Musk, proprietário do X, antigo Twitter, voltou a atacar a soberania nacional brasileira e autoridades do país, criticando a questionar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Cristiano Zanin e Flávio Dino, ambos indicados pelo presidente Lula (PT) em seu terceiro mandato. As declarações de Musk surgem em meio a uma série de atritos entre o empresário e o Judiciário brasileiro. Recentemente, Musk anunciou sua intenção de desobedecer as determinações do ministro do STF Alexandre de Moraes, que incluem o bloqueio de contas de redes sociais no país.

Em uma postagem na página “The Incorrupt”, que abordava a nomeação de Zanin para o STF, Musk questionou a decisão, levantando preocupações sobre falsos conflitos de interesse. A interação continuou com acusações à “conveniência” do Congresso Nacional na indicação de Zanin. Além disso, Musk criticou a indicação de Dino ao STF, após o ministro ter sido rotulado como “antigo aliado do partido comunista” pelo deputado federal bolsonarista Nikolas Ferreira (PL-MG), relata o jornal O Globo.

A situação entre Musk e o Brasil escalou no domingo (7), quando Musk declarou sua intenção de publicar todo o conteúdo exigido por Moraes, desafiando as decisões do ministro e instando-o a renunciar ou sofrer impeachment. O empresário também compartilhou publicações do jornalista americano Michael Shellenberger, que apontavam supostas violações da liberdade de expressão no Brasil.

As tensões atingiram um novo patamar quando Moraes incluiu Musk como investigado no inquérito que apura a existência de milícias digitais antidemocráticas e seu financiamento, além de abrir uma investigação por obstrução à Justiça, incluindo possíveis envolvimentos em organização criminosa e incitação ao crime. Diante das ameaças de Musk, Moraes estabeleceu uma multa diária de R$ 100 mil por perfil, caso a empresa de Musk desobedeça qualquer decisão do STF, incluindo a reativação de perfis cujo bloqueio foi determinado pelo tribunal.

FONTE:

https://www.brasil247.com/brasil/apos-ofensiva-contra-moraes-elon-musk-ataca-zanin-e-dino