Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

As lições mexicanas para o campo popular

Claudia Sheinbaum teve uma votação consagradora mesmo estando diretamente associada com um governo que vinha sofrendo uma terrível campanha de descrédito

O vídeo indicado ao final de nosso texto faz um repasso da repercussão no México e no resto do mundo da recente vitória eleitoral de Claudia Sheinbaum, a candidata vinculada com o atual presidente, Andrés Manuel López Obrador.

Estamos falando de um fato muito relevante por vários motivos. Primeiramente, por tratar-se da primeira mulher a galgar ao posto de Presidente em toda a história do México, desde sua constituição como Estado. Em segundo lugar, poderíamos citar a circunstância de ela representar a continuidade de um governante que assumiu pondo fim a uma infindável sequência de mandatários vinculados aos interesses dos grupos oligárquicos e do imperialismo estadunidense. Mas, também merece ser destacada a ampla margem com a qual ela superou sua concorrente mais bem posicionada, já que obteve quase o dobro de votos que os recebidos pela candidata preferida dos grandes grupos midiáticos, dos setores mais endinheirados e, naturalmente, das forças alinhadas com o imperialismo estadunidense.

Para que tenhamos uma ideia da significação de sua vitória, basta prestar atenção nas reações expressadas pelos porta-vozes dos mais abastados através dos meios de comunicação corporativos locais. Se, aqui no Brasil, tínhamos poucas informações anteriores para nos ajudar a formar uma ideia mais precisa sobre o panorama eleitoral mexicano, só pela constatação de como a mídia pró-oligárquica de lá se mostrou furiosa e inconformada com sua esmagadora vitória, já podemos deduzir que se trata de uma mulher desvinculada dos grupos tradicionais de exploradores mexicanos.

Uma outra lição que deveríamos extrair desse processo eleitoral está relacionada com as formas de lidar com o acosso midiático imposto pelos apologistas dos poderosos contra as forças políticas do campo popular no intuito de inviabilizá-las. Não é para nada um fenômeno irrisório que Claudia Sheinbaum tenha tido uma votação tão consagradora mesmo estando aberta e diretamente associada com um governo que vinha sofrendo uma terrível campanha de descrédito pelos principais órgãos de impressa a serviço das classes dominantes.

Devido o Youtube ter bloqueado nosso canal em função das postagens denunciando a política assassina do sionismo israelense e a escancarada censura a tudo o que seja proveniente de fontes russas, estamos disponibilizando este vídeo com legendas em português tão somente pela plataforma Dailymotion (https://www.dailymotion.com/video/x904n5o) Acreditamos que se trata de um material que pode servir como uma útil ferramenta para nos ajudar a entender melhor o processo mexicano e absorver do mesmo os ensinamentos necessários.

Por Jair de Souza
Economista formado pela UFRJ, mestre em linguística também pela UFRJ

FONTE:

https://www.brasil247.com/blog/as-licoes-mexicanas-para-o-campo-popular#google_vignette