Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

“As universidades brasileiras não se mobilizam porque são dominadas pelas ONGs”, diz Rui Costa Pimenta

Rui Costa Pimenta aponta influência das ONGs e do sionismo na falta de mobilização estudantil a favor da causa palestina nas universidades brasileiras.

Durante uma entrevista à TV 247, o presidente do Partido da Causa Operária (PCO), Rui Costa Pimenta, abordou a questão da mobilização estudantil no Brasil, apontando para a influência das Organizações Não Governamentais (ONGs) e sua relação com o sionismo.

Pimenta contextualizou a diferença entre a mobilização nos Estados Unidos e no Brasil, destacando que nos EUA a mobilização estudantil é contra o governo norte-americano, incluindo suas políticas em relação ao genocídio na Faixa de Gaza: “A gente deve levar em consideração que a mobilização nos Estados Unidos é uma mobilização contra o governo norte-americano, não é meramente uma mobilização contra os sionistas”. Ele ressaltou que esse fator contribui para explicar parte da falta de mobilização dos universitários no Brasil.

O líder do PCO apontou para a influência das ONGs na universidade brasileira como um obstáculo à mobilização estudantil: “No Brasil os estudantes têm que se mobilizar, na realidade, não houve ainda uma tentativa de mobilizar a universidade, porque a universidade brasileira tem um problema nesse momento, que ela está muito dominada pelas ONGs”. Ele enfatizou que tanto o ensino público quanto o privado são afetados por essa influência, uma herança, segundo ele, da ditadura militar.

Além disso, Pimenta relacionou a presença das ONGs com o sionismo, afirmando que o identitarismo, movimento presente nas universidades, é controlado pelo sionismo: “O identitarismo é controlado pelo sionismo”.

Assista:

FONTE: https://www.brasil247.com/entrevistas/as-universidades-brasileiras-nao-se-mobilizam-porque-sao-dominadas-pelas-ongs-diz-rui-costa-pimenta