Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Brasil foi 2º maior receptor global de investimento estrangeiro direto em 2023, aponta OCDE

País recebeu US$ 64 bilhões em FDI no ano passado, ante US$ 73 bilhões em 2022.

O Brasil foi o segundo maior receptor global de investimento estrangeiro direto (FDI, na sigla em inglês) em termos líquidos em 2023, atrás apenas dos Estados Unidos. O país recebeu US$ 64 bilhões em FDI em 2023, ante US$ 73 bilhões em 2022. Os dados foram divulgados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). As informações são do Estado de S.Paulo.

A nível global, os fluxos de FDI diminuíram 7% em 2023, a US$ 1,364 trilhão, “continuando em tendência de queda e permanecendo abaixo dos níveis pré-pandemia pelo segundo ano consecutivo”, disse a OCDE. Apenas fora da OCDE, os fluxos recuaram 46%.

A China teve fluxos  baixos e perdeu posições no ranking, no contexto de “tensões geopolíticas contínuas e altas taxas de juro”, acrescentou o órgão.

O que é FDI – FDI (Foreign Direct Investment) é um termo usado para descrever investimentos feitos por empresas ou indivíduos de um país em empresas ou ativos localizados em outro país. Esse investimento implica que o investidor detenha um controle significativo ou uma participação substancial na empresa estrangeira.

Os FDI são uma parte importante da economia global, pois podem trazer benefícios para o país receptor, como a criação de empregos, transferência de tecnologia, aumento da produtividade e contribuição para o crescimento econômico. Eles também podem fornecer acesso a novos mercados e recursos, além de promover o desenvolvimento econômico e industrial.

FONTE

https://www.brasil247.com/economia/brasil-foi-2-maior-receptor-global-de-investimento-estrangeiro-direto-em-2023-aponta-ocde