Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Brasil vai entrar no clube do PIB de US$ 3 trilhões, prevê FMI; veja ranking

França foi o último país a alcançar marca, o que aconteceu em 2023.

O Brasil entrará na casa das economias de ao menos US$ 3 trilhões a partir de 2029, segundo novas projeções do FMI divulgadas nesta terça-feira (16).

Em 2022, esse grupo contava com seis países: EUA, China, Alemanha, Japão, Índia e Reino Unido. No ano passado, foi a vez de a França entrar para o grupo das economias com PIB de ao menos US$ 3 trilhões.

No ano passado, o PIB brasileiro ficou em US$ 2,17 trilhões, no nono lugar entre as maiores economias globais. A estimativa é que o Brasil suba para o oitavo lugar neste ano, ultrapassando a Itália, e persista nesta posição ao menos até 2029, quando o PIB somaria US$ 3,06 trilhões em valores correntes.

A França, que seguiria em sétimo lugar em 2029, teria uma economia de US$ 3,65 trilhões. Já os EUA manteriam a primeira posição, com US$ 34,95 trilhões.

Essa foi a primeira vez que o FMI faz projeções para 2029, mas o cenário brasileiro também melhorou para 2028 na comparação com as estimativas do organismo feitas em outubro do ano passado.

Agora, o Fundo projeta que a economia brasileira vai produzir US$ 2,90 trilhões em 2028, ante US$ 2,77 trilhões nas previsões publicadas em outubro do ano passado.

Os EUA foram o primeiro país a entrar no grupo de PIB de US$ 3 trilhões em valores correntes. Isso aconteceu em 1981. A China, hoje a segunda maior economia global, entrou no grupo em 2007, mesmo ano que Alemanha e Reino Unido. O Japão atingiu a marca pela primeira vez em 1988, e a Índia, em 2021.

FONTE:

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2024/04/17/brasil-vai-entrar-no-clube-do-pib-de-us-3-trilhoes-preve-fmi-veja-ranking.ghtml