Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ.Há 9 anos lutando pelos jornalistasUnidos somos mais fortesÚnica entidade nacional de jornalistas que aceita associados com ou sem diploma.
Com Facebook criticado, Telegram ultrapassa 500 milhões de usuários ativos

Com Facebook criticado, Telegram ultrapassa 500 milhões de usuários ativos

25 milhões nas últimas 72 horas.

Afirma ser aplicativo mais seguro.

O serviço de mensagens Telegram ultrapassou os 500 milhões de usuários nesta 3ª feira (12.jan.2021). Mais 25 milhões de pessoas aderiram ao aplicativo nas últimas 72 horas.

No Brasil, a plataforma é vista como alternativa ao WhatsApp, que anunciou mudanças nos termos de uso, que incluem intercâmbio de informações com o Facebook, dono do serviço de mensagens instantâneas. Há temores de que a nova política permitirá que a empresa espione os usuários.

Somado à ação do Facebook para suspender a conta do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, depois do ataque ao Capitólio na última 4ª feira (6.jan.2021), líderes de direita migraram para o Telegram e incentivam seus apoiadores a fazer o mesmo.

Um dos fundadores do Telegram, o russo Pavel Durov, comemorou a marca dos 500 milhões de usuários nesta 2ª, pelo seu canal na plataforma. Ele disse que o serviço “se tornou o maior refúgio para aqueles a procura de uma plataforma de comunicação comprometida com a privacidade e segurança”. 

‘As pessoas não querem mais trocar sua privacidade por serviços gratuitos. Elas não querem mais ser reféns de monopólios que parecem pensar que podem se safar de qualquer coisa, desde que seus aplicativos tenham uma quantidade massiva de usuários’, afirmou o programador pelo TelegramReprodução/telegram @Durov’s channel – 12.jan.2021

Durov também detalhou de onde vieram os 25 milhões de novos usuários das últimas 72 horas:

  • Ásia: 38%;
  • Europa: 27%;
  • América Latina: 21%;
  • Oriente Médio e Norte da África: 8%.

O Telegram foi lançado em 2013. Pretende atingir 1 bilhão de usuários até 2022.

TELEGRAM X WHATSAPP

O aplicativo russo fez piada com o novo termo de política de privacidade do WhatsApp.

O Telegram compartilhou em sua conta no Twitter o meme do caixão, onde mostra o novo termo do WhatsApp sendo levado para o enterro. Outro post publicado pelo app foi o de 2 homens-aranha se encarando, um representando o Facebook e o outro WhatsApp.

Assim como o WhatsApp, o Telegram oferece criptografia de ponta a ponta para chats normais. O aplicativo também possui a função de chats secretos, em que as mensagens são autodestruídas depois da leitura ou de um tempo programado entre os participantes da conversa. Recentemente, o WhatsApp lançou função semelhante, em que as mensagens são automaticamente apagadas para ambos os usuários após uma semana.

No Telegram, também é possível entrar e sair da conta quantas vezes for necessário, em diferentes dispositivos, sem perder nenhum dado. Os usuários do aplicativo podem enviar qualquer tipo de arquivo com até 1,5 GB. O WhatsApp, por outro lado, restringe arquivos de vídeo, imagens e tipos de documentos. É possível se comunicar com qualquer um no Telegram mesmo que não haja o número de contato registrado.

FONTE:

https://www.poder360.com.br/midia/com-facebook-criticado-telegram-ultrapassa-500-milhoes-de-usuarios-ativos/