Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos
Direito ao aborto e acesso a armas dividem os brasileiros, aponta Datafolha

Direito ao aborto e acesso a armas dividem os brasileiros, aponta Datafolha

Mais da metade da população é contra o aborto e 50% apoia possuir uma arma para autodefesa.

 Pesquisa realizada pelo Datafolha e publicada pela Folha de S.Paulo revela as opiniões contrastantes entre os brasileiros em relação ao direito da mulher ao aborto e ao acesso dos cidadãos a armas legalizadas para autodefesa. O estudo, que também abordou temas como homossexualidade, racismo, religião e representação feminina em cargos de liderança, captou as opiniões de 2.010 pessoas em 112 cidades brasileiras entre os dias 12 e 14 de junho. A margem de erro da pesquisa é de ±2 pontos percentuais.

O aborto continua sendo uma questão controversa, com 44% dos entrevistados concordando que as mulheres devem ter o direito de decidir se desejam interromper uma gravidez, enquanto 52% discordam. No entanto, devido ao arredondamento, o total combinado daqueles que concordam totalmente (25%) e parcialmente (20%) fica um pouco abaixo de 45%. A distribuição das opiniões sobre se o aborto deve ser um direito da mulher é a seguinte: concordam totalmente (25%), concordam em parte (20%), nem concordam nem discordam (1%), discordam em parte (13%), discordam totalmente (39%) e não sabem (2%).

Da mesma forma, a pesquisa destaca uma divisão sobre o tema da posse de armas. Metade da população (50%) acredita que os cidadãos devem ter o direito de possuir uma arma legalmente registrada para autodefesa, enquanto 48% são contrários a essa ideia. A distribuição das opiniões sobre o direito dos cidadãos de possuir armas é a seguinte: concordam totalmente (33%), concordam em parte (17%), nem concordam nem discordam (1%), discordam em parte (11%), discordam totalmente (37%) e não sabem (1%).

 

FONTE

https://www.brasil247.com/brasil/direito-ao-aborto-e-acesso-a-armas-dividem-os-brasileiros-aponta-datafolha