Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Do Sul Global para o Sul Global: banco do BRICS se consolida como alternativa ao sistema ocidental

Fundado há dez anos por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) iniciou as atividades em 2015 com foco em ampliar empréstimos em moedas locais e apoiar o avanço da infraestrutura nos países. E cada vez mais se consolida como alternativa às instituições dominadas pelo mundo ocidental.

Criado pelo Sul Global para o Sul Global. Com capital inicial de US$ 100 bilhões (R$ 496,2 bilhões), um acordo histórico firmado durante a cúpula do BRICS em Fortaleza, no Ceará, em julho de 2014, selou a criação de uma nova instituição financeira revolucionária: o Novo Banco de Desenvolvimento.

Além dos cinco membros fundadores, fazem parte do NBD Bangladesh, Egito e Emirados Árabes Unidos. O Uruguai está em processo de adesão e a Arábia Saudita iniciou negociações para aderir.

O professor do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Bruno de Conti lembrou, em entrevista ao podcast Mundioka, da Sputnik Brasil, que o banco do BRICS se consolida cada vez mais como uma alternativa ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

FONTE: https://www.facebook.com/photo?fbid=10159935684248837&set=a.10151306301983837