Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas (2)
Documentário deixa evidente que episódio da facada em Bolsonaro foi autoatentado

Documentário deixa evidente que episódio da facada em Bolsonaro foi autoatentado

Um devastador documentário, intitulado ‘Bolsonaro e Adélio, uma fakeada no coração do Brasil’ (TV 247), sobre a suposta facada que o candidato Jair Bolsonaro teria levado em Juiz de Fora durante a campanha presidencial de 2018 deixa evidente que houve um autoatentado. Ou seja, um atentado planejado por pessoas ligadas a Bolsonaro e com fortes indícios de que o próprio Bolsonaro tinha pleno conhecimento do plano executado por Adélio Bispo.

O caso é evidente, mas é necessário reabri-lo com uma investigação independente e transparente. As provas e indícios de que houve um auto atendado são inúmeras e avassaladoras. Por exemplo, a reação de praticamente todas as pessoas que foram envolvidas no caso. Todas fogem, desaparecem, não aceitam dar entrevista ou ficam com raiva. Esse fato é impressionante no conjunto, apesar de Joaquim Carvalho tratar isso individualmente. Fica evidente que houve uma trama que não pode ser revelada.

Não há ninguém diretamente envolvido disposto a esclarecer e falar abertamente sobre o caso! A quantidade de fatos nebulosos é estarrecedora. Por todos os lados que se olha, não há lógica na facada. A situação dos advogados do Adélio é alarmante, é praticamente um crime. O Facebook do Adélio traz provas incontestes de que ele foi alterado nas vésperas do provável autoatentado. Além disso, peças chaves e objetos da investigação sumiram.

O fato de ter ocorrido no dia 6 de setembro de 2018, véspera do Dia da Independência, ganha ainda mais proporção com as manifestações ocorridas no último dia 7. Há muita coincidência e ligações que não foram investigadas pela polícia.

É urgente reabrir a investigação. Vejam o documentário abaixo:

FONTE

Documentário deixa evidente que episódio da facada em Bolsonaro foi autoatentado