Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

‘É bom que ouçam o que eu digo’, diz Putin sobre a reação do Ocidente à entrevista a Tucker Carlson

O presidente russo afirmou que os telespectadores e leitores devem julgar o conteúdo da entrevista.

O presidente russo, Vladimir Putin, comentou nesta quarta-feira (14) as avaliações negativas no Ocidente relativas à sua entrevista com o jornalista Tucker Carlson..

Em entrevista ao jornalista Pavel Zarubin, do Rossiya 1, Putin avaliou positivamente o fato de os líderes ocidentais estarem “observando e ouvindo” o que ele disse na entrevista a Carlson. “Em primeiro lugar, é bom que vejam e ouçam o que eu digo”, disse Putin na entrevista a Zarubin.

O presidente russo disse que “não teve total prazer” em conceder a entrevista a Carlson, mas destacou que o jornalista norte-americano cumpriu rigorosamente seu papel.

Putin classificou o entrevistador como “uma pessoa perigosa” e disse que esperava que ele se comportasse de forma agressiva e fizesse perguntas incisivas, e que estava pronto para responder com a mesma severidade. Porém, ele disse que o jornalista americano optou por uma abordagem diferente.

O presidente enfatizou que o jornalista foi surpreendentemente paciente e ouviu a história. Ele também acrescentou que os telespectadores e leitores devem julgar o conteúdo da entrevista.

A entrevista a Carlson foi transmitida em 9 de fevereiro, e ultrapassou a marca de 200 milhões de visualizações na rede social X (antigo Twitter). A entrevista foi elogiada por Carlson, que destacou a clareza com a qual Putin abordou uma série de questões, bem como a disposição do presidente russo para negociar a paz com a Ucrânia.

Na entrevista desta quarta-feira (14) a Zarubin, Putin disse que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) é um “instrumento de política externa dos EUA” e rechaçou as acusações sobre interferência da Rússia nas eleições dos Estados Unidos.

Ele também afirmou que o ex-presidente dos EUA Donald Trump tem a sua própria visão de como as relações entre os Estados Unidos e os seus aliados devem evoluir.

“Trump sempre foi chamado de político não sistêmico. Ele tem sua própria visão a respeito de como os Estados Unidos deveriam desenvolver relações com seus aliados”, disse Putin a Zarubin.

Já em relação ao atual presidente dos EUA, Joe Biden, Putin ressaltou que os olhares devem atentar não para a saúde do líder norte-americano, mas para sua posição política, considerada errada e prejudicial pelo mandatário russo.

Perguntado sobre ter uma preferência sobre o futuro presidente dos EUA, Putin descreveu Biden como “mais experiente” e “mais previsível”, sendo “um político forte”, mas afirmou ainda que a Rússia vai trabalhar com qualquer líder norte-americano.

Putin também criticou a ministra das Relações Exteriores alemã, Annalena Baerbock, dizendo que ela trata como inimiga não somente a Rússia, mas seu próprio país. “É difícil imaginar que um político que ocupa um posto tão alto despreze tanto os interesses econômicos do seu próprio país, do seu povo”, disse.

FONTE:

https://www.brasil247.com/mundo/e-bom-que-oucam-o-que-eu-digo-diz-putin-sobre-a-reacao-do-ocidente-a-entrevista-a-tucker-carlson?tbref=hp