Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Exército suspende portaria que autorizava até cinco fuzis para PMs

O Exército decidiu suspender a portaria que autorizava que policiais militares tivessem até cinco fuzis para uso particular.

De acordo com o Centro de Comunicação Social do Exército, a portaria 167, que regulamenta a aquisição de armas de fogo e munições por integrantes das Polícias Militares, dos Corpos de Bombeiros Militares e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, “terá sua entrada em vigor suspensa a fim de permitir tratativas junto ao Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

A portaria entraria em vigor no dia 1º de fevereiro, justamente a data que marcará a chegada do ministro Ricardo Lewandowski no comando do Ministério de Justiça.

Segundo apurou a coluna com fontes militares, a ideia de suspender a portaria acontece após repercussões negativas. Apesar de segura juridicamente, a cúpula do Exército avalia que é melhor alinhar o tema com o novo ministro.

FONTE:

https://noticias.uol.com.br/colunas/carla-araujo/2024/01/29/exercito-suspende-portaria-que-autorizava-ate-cinco-fuzis-para-pms.htm