Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Fed mantém os juros nos EUA e segura as estimativas deste ano

A taxa oscila dentro de uma banda entre 5,25% e 5,50% ao ano desde julho do ano passado, apontou o Comitê de Mercado Aberto, do Banco Central norte-americano.

O Comitê de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira (20) manter no mesmo nível os juros básicos da economia do país. A taxa oscila dentro de uma banda entre 5,25% e 5,50% ao ano desde julho do ano passado.

Foi a quinta reunião seguida que os diretores do Fed optaram por esperar por mais dados macroeconômicos antes de iniciar a esperada flexibilização da política monetária. No comunicado, o Fomc evitou novamente sinalizar quanto poderá iniciar o ciclo de cortes de juros.

“O Comitê não espera que seja apropriado reduzir o intervalo da meta até que tenha ganhado maior confiança de que a inflação está evoluindo de forma sustentável para 2%”, diz o comunicado.

A decisão veio em linha com o esperado pela ampla maioria dos analistas. O monitor de juros FedWatch, do CME Group apontava até o início desta tarde que 99% do mercado apostava na manutenção da taxa, enquanto 1% ainda previam uma queda de 0,25 ponto percentual.

As projeções econômicas trimestrais atualizadas nesta reunião mostraram que o núcleo do índice de preços de despesas de consumo pessoal (PCE) , excluindo alimentos e energia, subiu para uma taxa de 2,6% no final do ano, em comparação com 2,4% nas projeções emitidas em dezembro.

Ainda assim, 10 dos 19 responsáveis ​​da Fed ainda consideram que a taxa de juro cairá pelo menos 0, 75 ponto percentual até ao final deste ano, uma visão mediana estabelecida pela primeira vez em dezembro e mantida agora apesar da recente inflação mais forte do que o esperado.

A projeção para o crescimento a economia agora foi estimada em 2,1% para 2024, em comparação com apenas 1,4% projetados em dezembro, enquanto a taxa de desemprego deverá terminar o ano em 4%, inferior aos 4,1% previstos na projeção anterior – e pouco diferente da taxa de desemprego de 3,9% registada em fevereiro.

(Com Reuters)

FONTE:

https://www.brasil247.com/economia/fed-mantem-os-juros-nos-eua-e-segura-as-estimativas-deste-ano