Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Férias “estratégicas” salvaram Campos Neto de reunião ministerial golpista com Bolsonaro

Presidente do BC não participou de encontro graças a período de férias em 2022. Coincidência pode ter sido providencial.

A ausência do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, na reunião ministerial golpista realizada em 5 de julho de 2022 com o então presidente Jair Bolsonaro, tem sido questionada. Campos Neto, que estava de férias na época, foi poupado da reunião que tramou a tentativa de golpe de 8 de janeiro, destaca o jornal Folha de S. Paulo.

Em vídeo oficial evidenciado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Bolsonaro chega a perguntar pelo presidente do BC. “Onde está Campos Neto?”. Um assessor diz que o presidente da autoridade monetária não está presente.

A coincidência de estar de férias pode ter sido providencial para Campos Neto, evitando que ele fosse arrastado para um debate político ainda mais acalorado e reforçando a percepção de independência institucional do Banco Central.

FONTE:

https://www.brasil247.com/poder/ferias-estrategicas-salvaram-campos-neto-de-reuniao-ministerial-golpista-com-bolsonaro