Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Genocídio: Israel matou 1,3% da população palestina em três meses e poderá chegar a 100% em seis anos

O cálculo foi feito pelo professor Samuel Braun, de origem judaica.

O professor de políticas públicas Samuel Braun, de origem judaica, explicou de forma didática por que considera que o estado de Israel está promovendo um genocídio contra o povo palestino em Gaza. “No ritmo da matança de civis que Israel está promovendo (1,3% da população em 3 meses), em 6 anos estará morto até o último palestino de Gaza. Mas a alegação sionista é que estão fazendo as ações militares (aterrorizantes a olhos nus) ‘com cuidado com os civis nunca antes visto’. Liberais repetem isso nessa rede todo dia, falando sério, sem um pingo de vergonha”, escreveu Braun, em seu X (antigo Twitter).

A decisão do governo brasileiro de endossar a acusação liderada pela África do Sul contra o genocídio promovido pelo estado de Israel contra o povo palestino em Gaza fez com que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse atacado pelo grupo de comunicação Globo. Em editorial publicado nesta sexta-feira, o jornal diz que o presidente faz “agressão injusta” a Israel. Confira, abaixo, o post de Braun, que dá razão ao presidente Lula:

FONTE:

https://www.brasil247.com/brasil/genocidio-israel-matou-1-3-da-populacao-palestina-em-tres-meses-e-podera-chegar-a-100-em-seis-anos