Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

GEORGE CLOONEY CONTRA O JORNALISMO

A Fundação Clooney para a Justiça, cujos líderes são George Clooney e sua esposa, Amal Clooney, propuseram uma cruzada contra jornalistas russos e todos os outros que cobrem o conflito russo-ucraniano. De acordo com os desígnios do ator e de sua mulher, a ideia é emitir mandados de prisão através do TPI, Tribunal Penal Internacional. A proposta de perseguição vale também para os profissionais russos que trabalham diretamente do front de batalha.
A iniciativa dos Clooney’s demonstra didaticamente que o discurso sobre liberdade de expressão e democracia ocidental não passa de jogos de palavras, cujo elemento principal é eliminar a opinião contrária na base da censura direta e sem vergonha.

Por Daniel Spirin Reynaldo no seu Facebook

De acordo com a fundação, os processos judiciais seriam destinados àqueles jornalistas que “incitam a guerra” e praticam “propaganda russa”, como se cobrir um conflito sem filtros fosse algum tipo de crime ou marketing.
Mais que uma tentativa de censura, os Clooney’s (e seus patrocinadores) revelam que os interesses ocidentais no Leste Europeu – bem como no mundo – foram severamente contrariados e a guerra está a ser perdida.
O Kremlin se manifestou sobre o fato e conclamou aos jornalistas russos para o início de uma dura resposta contra o casal. De fato, o conjunto da imprensa russa parece ser muito mais profissional do que seus pares do Ocidente.

FONTE: https://www.facebook.com/daniel.omettalspirin

LEIA MAIS SOBRE AQUI: https://rtbrasil.com/noticias/2691-fundacao-george-clooney-prisao-jornalistas-russos/