Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 13 anos lutando pelos jornalistas (3)
Glenn Greenwald critica censura à liberdade de expressão

Glenn Greenwald critica censura à liberdade de expressão

Ontem, 20, no programa “Monark Talks”, na plataforma Rumble, o jornalista Glenn Greewald explicou e criticou a posição de instituições que se propõe a controlar a liberdade expressão. O jornalista deixou claro, em vários momentos, o quanto isso é antidemocrático e atrasado politicamente frente aos governos autoritários atuais. Monark usou a inclusão do Partido da Causa Operária no inquérito das “Fakes News“, instrumento ditatorial de censura ao princípio democrático à liberdade de expressão pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, como exemplo.

Monark, fez uso de seu direito à liberdade de expressão novamente, e sua conta na rede social “Twitter” está sendo atacado de maneira ofensiva por seguidores que acham correto o contreole da liberdade de expressão, inclusive pelo STF. A esquerda pró-imperialista e seus veículos de publicação de fofocas deram palco na esperança de conseguirem algum tipo de notoriedade pelo invejável e numeroso público do Monark.

“A liberdade de expressão, em todas as suas formas e manifestações, é um direito fundamental e inalienável, inerente a todas as pessoas. É, ademais, um requisito indispensável para a própria existência de uma sociedade democrática.”

Assista ao trecho da entrevista no endereço abaixo (trecho citado a partir do 00:38:05):

FONTE

https://www.causaoperaria.org.br/rede/dco/politica/glenn-greewald-critica-decisao-do-stf-em-relacao-ao-pco/

Este artigo e entrevista não representam a opinião da ABJ e são de responsabilidade de seus autores.