Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Globo faz propaganda declarada pró-Israel, diz Glenn Greenwald

Jornalista americano criticou reportagem do Fantástico que contou com a participação de um ativista pró-guerra sionista.

O jornalista americano Glenn Greenwald fez críticas a uma recente reportagem do programa da Rede Globo Fantástico sobre a guerra de Israel contra a Palestina na Faixa de Gaza.

Em artigo na Folha de S. Paulo, Glenn acusa a reportagem de fazer propagana pró-Israel, assim como praticamente toda a imprensa brasileira.

Ele afirma que a “retórica da matéria incluiu imagens explícitas e emocionais de muitos israelenses feridos ou mortos em 7 de outubro, mas quase nada sobre civis palestinos mortos ou mutilados, um número cerca de 50 vezes maior”.

Também critica a participação do ativista pró-guerra sionista André Lajst na reportagem. Lajst, chefe da entidade sionista Stand WIth Us Brasil, costuma usar suas redes sociais para justificar o genocídio palestino, mas foi apresentado como uma figura neutra.

“Mascarar um ativista de um lado desse debate como um ‘analista neutro’, evitando que o outro lado seja incluído, é uma violação direta dos deveres jornalísticos”, escreve Glenn.

FONTE:

https://www.brasil247.com/midia/globo-faz-propaganda-declarada-pro-israel-diz-glenn-greenwald