Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 13 anos lutando pelos jornalistas (3)
Governo Bolsonaro ignora aumento da fome no País e repassa apenas R$ 0,53 para alimentação de estudantes

Governo Bolsonaro ignora aumento da fome no País e repassa apenas R$ 0,53 para alimentação de estudantes

Valor per capita destinado aos alunos dos ensinos fundamental e médio é ainda menor: R$ 0,36 por aluno

247 – Ignorando a alta da inflação e o aumento da fome no Brasil, o governo Jair Bolsonaro tem repassado apenas R$ 0,53 para a alimentação de cada aluno matriculado na pré-escola em nível nacional. O valor destinado aos estudantes dos ensinos fundamental e médio é ainda menor:  R$ 0,36 por educando. O valor per capita, porém, sobe para R$ 1,07 nas creches e varia entre R$ 1,07 e R$ 2.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, “esses são os valores do Pnae (Programa Nacional de Alimentação Escolar), que beneficia 40 milhões de matriculados em instituições públicas de ensino no Brasil. Com o aumento da fome no país, cresce o número de crianças e jovens que têm no prato de comida servido nas escolas a sua única refeição do dia”.

aumento da fome no Brasil, que alcança 33,1 milhões de brasileiros, e da inflação, que acumula alta de 11,73% nos últimos 12 meses, além do baixo valor dos repasses voltados à alimentação dos estudantes da rede pública, levou uma rede de instituições a elaborar uma carta destinada aos candidatos das eleições outubro pedindo o aumento das verbas.

“O documento alerta para o fato de que o valor do Pnae não teve reajuste significativo desde 2010. Além disso, houve redução de 20% em valores reais no orçamento do programa entre 2014 e 2019. Neste ano, considerado estratégico diante da perda nutricional dos dois anos de fechamento escolar da pandemia, o orçamento sofreu redução para R$ 3,96 bilhões – em 2021, foram R$ 4,06 bilhões”, ressalta a reportagem. .

Além de pedir o aumento dos repasses, as entidades alertam para a obrigação legal de que 30% dos alimentos sejam adquiridos da agricultura familiar.

O Senador Paulo Paim (PT-RS) usou as redes sociais para afirmar que o governo Jair Bolsonaro criou a política do “prato vazio” nas escolas e que o Brasil virou o “país das tragédias”.

“O repasse do governo federal para a compra de alimentos por aluno da pré-escola é de R$ 0,53. No ensino fundamental e médio é de R$ 0,36. Isso é política do prato vazio. Opressão pela fome.  Uma vergonha. Definitivamente o Brasil virou o país das tragédias”.

Veja a postagem de Paulo Paim.

https://twitter.com/paulopaim/status/1534916569922428932?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1534916569922428932%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.brasil247.com%2Fbrasil%2Fgoverno-bolsonaro-ignora-aumento-da-fome-no-pais-e-repassa-apenas-r-0-53-para-alimentacao-de-estudantes

FONTE

https://www.brasil247.com/brasil/governo-bolsonaro-ignora-aumento-da-fome-no-pais-e-repassa-apenas-r-0-53-para-alimentacao-de-estudantes