Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Governo vai impulsionar tecnologia digital da construção para grandes obras

Estratégia Nacional de Disseminação do BIM (Modelagem de Informação da Construção) vai incluir uso da tecnologia em obras públicas, reduzindo tempo e custos.

O presidente Lula assinou, nesta segunda-feira (22), um decreto que institui a Estratégia Nacional de Disseminação do BIM (Modelagem de Informação da Construção). O propósito é impulsionar a adoção da tecnologia BIM no Brasil, um conjunto de softwares e ferramentas que promovem a transformação digital no setor da construção. Essa iniciativa visa não apenas a redução de custos e do tempo de obras, mas também contribui para a descarbonização do setor de construção.

Como informado pelo governo, a Estratégia BIM-BR faz parte das ações da Nova Indústria Brasil, com o objetivo de fortalecer as cadeias produtivas nacionais de construção e obras de infraestrutura por meio do uso de sistemas construtivos digitais. Além disso, a estratégia está integrada ao Novo PAC, que prevê a implementação do BIM em obras estratégicas.

A segunda ação concentra-se na capacitação e formação profissional em BIM, alinhando a política educacional às demandas de transformação digital na construção civil. Busca-se a adequação da grade curricular dos cursos de engenharia em níveis de graduação, pós-graduação e ensino profissionalizante. Além disso, a estratégia apoiará o desenvolvimento de novas aplicações em BIM, incentivando a concorrência e criando condições para que mais desenvolvedores ingressem no mercado de softwares de modelagem de informação da construção.

BIM, sigla em inglês para “Building Information Modelling” (Modelagem de Informação da Construção), é um conjunto integrado de processos e tecnologias que permite criar, usar, atualizar e compartilhar modelos digitais de construção de maneira colaborativa. Em termos simples, é uma “construção virtual” antes da execução efetiva da obra, permitindo inclusive a simulação da pegada de carbono de cada projeto para uma comparação facilitada dos impactos ambientais. Essa tecnologia engloba um conjunto de softwares e ferramentas que possibilitam a criação, utilização, atualização e compartilhamento colaborativo de modelos digitais de construções entre todos os participantes do empreendimento.

FONTE:

https://www.brasil247.com/economia/governo-vai-impulsionar-tecnologia-digital-da-construcao-para-grandes-obras?tbref=hp