Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Hideo: discurso da mídia para defender Lava Jato é ato de desespero

Em entrevista à TV 247, o advogado enfatizou que a defesa feita por porta-vozes da mídia como Merval Pereira é porque “estavam juntos”, pois sem a mídia não teria Lava Jato.

O advogado criminalista Fernando Hideo Lacerda comentou o comportamento da mídia hegemônica diante das revelações trazidas pelo relatório do corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, que expôs as irregularidades na administração de recursos da Operação Lava Jato e defende iniciar investigações contra a juíza Gabriela Hardt, responsável pela 13ª Vara Federal de Curitiba, e outros três juízes, incluindo Sergio Moro.

Hideo comentou a fala do colunista da Globo, Merval Pereira, que diz não ver crime na ação dos procuradores e juízes da Lava Jato na autorização do repasse de aproximadamente R$ 2 bilhões oriundos de acordos de delação para um fundo gerido pela força-tarefa da Lava Jato, classificado como desvio do dinheiro público.

“A decisão do ministro Salomão desmente essa fala do Merval, mas eu enxergo com naturalidade que a grande imprensa busque, de toda forma, defender os interesses daqueles que operaram a Lava Jato porque eles estavam juntos”, destacou Hideo, frisando que foi um conluio circunstancial que reuniu setores da Polícia Federal, do Ministério Público Federal, da Justiça e da grande imprensa. “Sem a mídia não teria Lava Jato”, acrescentou.

Segundo o criminalista, diante da imensa desmoralização da Lava Jato, “restou esse discurso do Merval de dizer que eles não cometeram crimes, mas que estavam tão ávidos no combate à corrupção que acabaram passando por uma ou outra regrinha”.

Para ele, o discurso não passa de “um ato de desespero”. “Não se pode deixar essa narrativa encampada pelo Merval de que estavam fazendo bem, mas violaram uma ou outra regrinha pelo bem maior. O que diz o relatório do ministro Salomão é que se trata de um grande esquema que instrumentalizou a jurisdição para interesses pessoais, políticos e patrimoniais”, enfatizou.

FONTE:

https://www.brasil247.com/entrevistas/hideo-discurso-da-midia-para-defender-lava-jato-e-ato-de-desespero