Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Israel assassina jornalista da Al Jazeera em Gaza

Pelo menos 56 profissionais de mídia palestinos foram mortos pelo regime sionista.

O jornalista da Al Jazeera Árabe Samer Abudaqa foi morto por um ataque de Israel e um colega seu foi ferido enquanto cobriam o impacto dos bombardeios a uma escola em Khan Younis, Sul de Gaza, informou a emissora do Catar nesta sexta-feira (15).

Abudaqa estava trabalhando com seu superior, Wael Dahdouh, na sexta-feira, cobrindo um ataque aéreo anterior na escola Farhana em Khan Younis, quando ambos os jornalistas foram atingidos por outro ataque de míssil do regime sionista.

A organização sem fins lucrativos sediada em Nova York Committee to Protect Journalists (CPJ, na sigla em inglês) disse nesta sexta-feira que a guerra da Palestina teve um impacto severo nos jornalistas. Pelo menos 63 profissionais da mídia foram mortos em quase 10 semanas na região, 56 deles palestinos, quatro israelenses e três libaneses, de acordo com a avaliação preliminar da CPJ. Dezenas de outros foram feridos, presos ou estão desaparecidos.

FONTE

https://www.brasil247.com/mundo/israel-assassina-jornalista-da-al-jazeera-em-gaza