Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Israel prossegue genocídio e intensifica bombardeios contra Gaza

Aviões israelenses lançaram ataques ferozes no início da manhã nas áreas do norte da cidade de Khan Yunis.

O exército israelense intensificou nesta segunda-feira (18), a onda de bombardeios contra diversas áreas da Faixa de Gaza, causando a morte e ferimentos a mais de uma centena de palestinos, a maioria crianças e mulheres.

Fontes de saúde informaram esta manhã que os ataques aéreos das últimas horas contra o campo de refugiados de Jabalia, no norte do enclave, provocaram mais de 100 vítimas mortais.

“Aviões israelenses lançaram ataques ferozes no início da manhã nas áreas do norte da cidade de Khan Yunis”, na região sul, enfatizou a agência de notícias oficial Wafa.

Dezenas de civis foram mortos ou feridos naquela área, acrescentou o meio de comunicação.

Pelo menos mais oito pessoas, incluindo duas crianças e uma mulher, foram mortas e muitas ficaram feridas após um bombardeio contra uma casa nas proximidades da mesquita Al-Nour, no campo de refugiados de Nuseirat.

A jornalista Haneen Ali Al-Qastan foi identificada entre as vítimas mortais, juntamente com membros da sua família.

A televisão Al Jazeera aumentou para 25 o número de mortes causadas pelas bombas em Nuseirat.

Por seu lado, a agência de notícias Safa relatou numerosos “mártires num bombardeio israelense contra o edifício cirúrgico especializado do Hospital Al-Shifa”, o maior da Faixa.

A fonte relatou ainda intensos combates entre soldados israelenses e combatentes palestinos na zona de Al-Mughraqa, a norte de Nuseirat, e nas proximidades de Khan Yunis, face às tentativas dos militares de expandir o eixo da sua ofensiva.

Segundo Safa, pela manhã ocorreram fortes “bombardeios e confrontos nos bairros de Zeitoun e Shejaiya” na Cidade de Gaza.

FONTE:

https://www.brasil247.com/mundo/israel-prossegue-genocidio-e-intensifica-bombardeios-contra-gaza