Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Lula critica elites ‘vira-lata’ que tentaram destruir o ‘sonho’ da Petrobrás

Presidente participou do anúncio de investimentos de R$ 250 milhões no setor cultural por parte da estatal, no Rio de Janeiro.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a fazer fortes críticas às forças de direita que se dedicaram a destruir o “sonho” da Petrobrás, ao relatar a pressão sobre a estatal para que fosse privatizada ou desmembrada.

‘Estamos numa empresa que não era para ter nascido. Quando se pensou em criar a Petrobrás, uma parte da elite conservadora, que vive de complexo de vira-lata, queria abortar a Petrobrás, uma empresa de petróleo que daria ao País a dignidade e a decência da soberania. A duras penas a Petrobrás foi sobrevivendo e crescendo. Os conselheiros de Washington diziam que era necessário mudar o nome da Petrobrás. E mais recentemente houve outra tentativa de abortar a nossa Petrobrás, criando-se inúmeras calúnias. Durante muito tempo os petroleiros eram ofendidos, porque a Petrobrás era confundida com corrupção. Mas houve resistência e cá estamos nós’, disse Lula durante o lançamento da Seleção Petrobras Cultural – Novos Eixos, no Rio de Janeiro (RJ), nesta sexta-feira (23).

Lula ainda lembrou da campanha feita pela mídia corporativa na época da descoberta do pré-sal, contra a exploração das reservas. ‘Diziam que não conseguiríamos explorar o pré-sal, que era uma ilusão fazer propaganda da Petrobrás. A sorte desse país é que o investimento em tecnologia da Petrobrás resultou na retirada do petróleo a 6 mil metros de profundidade por quase o mesmo custo que na Arábia Saudita’, disse Lula.

‘O que estamos hoje comemorando não é que voltamos, é que nunca saímos. Tentaram, mas nós continuamos. Resistimos às tentativas de fatiar a empresa. Quem achava que voltaríamos depois do homem que destruiu esse país?’, finalizou o presidente.

Prates – Durante a cerimônia de anúncio dos investimentos de R$ 250 milhões por parte da estatal no setor cultural, o CEO da empresa, Jean Paul Prates, também discursou.

‘A cultura é a nossa maior energia’, disse Prates, ao pedir projetos que valorizem negros, indígenas, nômades, ciganos, LGBTs, mulheres, e pessoas com deficiência. ‘Nossa energia é para todes. A cultura é fundamental para a reconstrução do Brasil’, disse.

FONTE:

https://www.brasil247.com/brasil/lula-critica-elites-vira-lata-que-tentaram-destruir-o-sonho-da-petrobras#google_vignette