Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

Lula determinou ‘blindagem de fronteiras’ por aumento da tensão entre Venezuela e Guiana, diz ministro da Defesa

“O Brasil não participará de um problema que é da Venezuela com a Guiana”, disse o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro.

Em meio à crescente tensão na fronteira entre Venezuela e Guiana, o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, revelou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula (PT) determinou a ‘blindagem’ das fronteiras em razão da disputa pelo território de Essequibo, rico em petróleo e minério. “O Brasil não participará de um problema que é da Venezuela com a Guiana”, disse Múcio à coluna da jornalista Daniela Lima, do G1.

Em resposta à ordem presidencial, Múcio reforçou as guarnições das Forças Armadas em Roraima, elevando o status para batalhão e dobrando o efetivo no estado fronteiriço. O aumento da tensão na região levou o Exército brasileiro a aumentar o efetivo do Pelotão Especial de Fronteira de Pacaraima (RR) de 70 para 130 homens, fortalecendo o patrulhamento na divisa do Brasil com a Venezuela. Também foram enviados 20 blindados para a unidade militar.

O ministro tem monitorado de perto os sinais do governo de Nicolás Maduro, ressaltando que o ex-chanceler Celso Amorim foi enviado ao país como representante brasileiro. “O recado é de que o governo brasileiro não aceita uma saída que não seja pacífica”, acrescentou. Ainda segundo a reportagem, “aliados do presidente dizem que, se a situação escalar, Lula não terá dúvida em subir o tom contra o venezuelano”.

No domingo (3), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apelou para o “bom senso” por parte dos dois países. “Só tem uma coisa que a América do Sul não está precisando agora: confusão. Se tem uma coisa que precisamos para crescer e melhorar a vida do nosso povo é a gente baixar o facho, trabalhar com muita disposição de melhorar a vida do povo e não ficar pensando em briga. Não ficar inventando história. Espero que o bom senso prevaleça do lado da Venezuela e do lado da Guiana”, disse Lula ao deixar Dubai, nos Emirados Árabes, após participar da cúpula climática da ONU, a COP28.

FONTE:

https://www.brasil247.com/americalatina/lula-determinou-blindagem-de-fronteiras-por-aumento-da-tensao-entre-venezuela-e-guiana-diz-ministro-da-defesa