Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

“Lula é muito forte, tem um poder napoleônico, que usa para o bem do país, não para guerra”, diz Oliver Stone

O cineasta dirigiu um documentário sobre o presidente e que estreou em Cannes, na França.

O cineasta norte-americano Oliver Stone, que dirigiu o documentário “Lula”, destacou o poder de influência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com o artista, o petista é “um indivíduo muito forte, tem um poder napoleônico de certo modo, que usa para o bem do país, não para guerra”. “Ele o usa para a paz”, afirmou o diretor. O documentário ‘Lula’ estreou no último domingo (19) em Cannes, na França.

Em entrevista à revista Veja, Stone afirmou que a “classe trabalhadora do Brasil está dividida, você tem pessoas pobres lutando contra Lula, mesmo ele tentando ajudá-los”.

O artista também fez documentários sobre o presidente da Rússia, Vladimir Putin e outro que retrata o ex-presidente venzuelano Hugo Chávez. Questionado sobre as diferenças entre as duas lideranças e o presidente Lula, o cineasta afirmou que o “processo é o mesmo”.

“Busco a verdade, tento achar o que cada coisa significa, o que está sendo dito e o que está sendo feito. Não sei se existe uma diferença. Talvez o fato de Lula ser um personagem mais caloroso e o fato de ter sido tão aberto no documentário. Isso é único”.

FONTE:

https://www.brasil247.com/cultura/lula-e-muito-forte-tem-um-poder-napoleonico-que-usa-para-o-bem-do-pais-nao-para-guerra-diz-oliver-stone