Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

‘Lula falou em nome do Sul Global e da maioria planetária’ ao criticar o genocídio promovido por Israel, diz Pepe Escobar

Jornalista afirma à TV 247 que o presidente Lula está se transformando em uma das principais lideranças do Sul Global ao dar voz “ao que o planeta pensa”. Assista.

O jornalista e analista geopolítico Pepe Escobar afirmou em entrevista à TV 247 que o presidente Lula, ao fazer críticas contundentes à guerra de Israel contra a Palestina, fala em nome não somente do BRICS ampliado, como também de todo o Sul Global.

Por conta das críticas contundentes do presidente Lula aos ataques promovidos pelo governo israelense de extrema direita em Gaza, Tel Aviv decidiu atacar o chefe de Estado brasileiro, declarando-o persona non grata. Em resposta, o embaixador de Israel no Brasil foi convocado pelo Itamaraty para dar explicações.

Segundo o analista, Lula apenas falou uma “verdade insofimável”, e a verdadeira persona non grata é Israel, “que comete genocídio em tempo real”.

“Lula falou pelo Sul Global e pelos BRICS. O que Lula disse não pode ser dito nem pela China nem pela Rússia”, assinalou Escobar, apontando que a Etiópia, novo membro do BRICS ampliado, pode estar por trás das críticas de Lula feitas recentemente em Adis Abeba.

Em relação à comparação entre o genocídio palestino e o Holocausto contra o povo judeu, Escobar avalia que a fala não foi um “mero improviso”.

“A repercussão global da fala de Lula é imensurável. Ele falou em nome do Sul Global. Ele representou o pensamento da maioria absoluta do planeta”, acrescentou.

Com isso, ‘Lula agora é um líder do Sul Global na questão fundamental dos nossos tempos’, concluiu Escobar na entrevista. “Ele sintetizou tudo o que o planeta sente”. Assista na íntegra na TV 247: