Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

“O crescimento econômico sem disputa ideológica tem efeito residual”, diz Alysson Mascaro

Filósofo analisa o desafio da esquerda.

O jurista e filósofo Alysson Mascaro concedeu uma entrevista ao editor-chefe do Brasil 247, Leonardo Attuch, onde abordou diversos aspectos políticos e econômicos do Brasil e do mundo. Mascaro destacou que o cenário social brasileiro está dividido, com metade da sociedade apresentando um perfil de direita, conservador e reacionário. Ele também ressaltou que os números de aprovação do presidente Lula, conforme a pesquisa Quaest, são similares aos da eleição de 2022.

De acordo com Mascaro, apesar da esquerda estar no poder do estado e implementar algumas políticas públicas, não há uma ruptura significativa com a dominação ideológica e estatal. Ele enfatizou que embora os resultados econômicos sob o governo atual sejam melhores do que os de Bolsonaro, não houve mudanças substanciais nos aparelhos ideológicos.

Mascaro argumentou que o crescimento econômico sem uma disputa ideológica tem efeito residual, e questionou por que as esquerdas do mundo evitam discutir a revolução e a transformação social. Ele enfatizou que a esquerda não deve temer falar sobre transformação social e que a fórmula atual está equivocada.

Além disso, Mascaro destacou o papel da religião como um grande aparelho ideológico no capitalismo, organizando os afetos das pessoas de forma reacionária. Ele ressaltou a importância de uma mensagem teológica libertadora para as massas.

Assista:

FONTE:

https://www.brasil247.com/entrevistas/o-crescimento-economico-sem-disputa-ideologica-tem-efeito-residual-diz-alysson-mascaro