Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Pentágono admite que mais de 25 mil mulheres e crianças foram assassinadas em Gaza desde outubro

Além disso, o secretário de Defesa dos Estados Unidos informou que cerca de 21.000 munições guiadas de precisão foram fornecidas a Israel desde o início do presente massacre.

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, admitiu nesta quinta-feira (29), em uma audiência no Congresso estadunidense, que mais de 25 mil mulheres e menores de idade foram assassinados na campanha genocida de Israel contra a população palestina na Faixa de Gaza desde 7 de outubro.

“São mais de 25.000”, respondeu Austin ao ser questionado sobre quantas mulheres e menores palestinos foram mortos por Israel. Além disso, o chefe do Pentágono informou que cerca de 21.000 munições guiadas de precisão foram fornecidas a Israel desde o início do presente massacre, relata a agência de notícias Reuters.

Ao todo, as autoridades do Ministério da Saúde de Gaza informam que 30 mil pessoas já foram assassinadas no território nos últimos cinco meses. Somente nesta quinta-feira (29), ao menos 112 pessoas foram cruelmente assassinadas por Israel enquanto aguardavam ajuda humanitária. Além das mortes, os ataques deixaram outras 760 pessoas feridas.

FONTE: https://www.brasil247.com/mundo/pentagono-admite-que-mais-de-25-mil-mulheres-e-criancas-foram-assassinadas-em-gaza-desde-outubro?tbref=hp