Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 13 anos lutando pelos jornalistas (3)
Pepe Escobar explica o fim do mundo unipolar

Pepe Escobar explica o fim do mundo unipolar

ASSISTA A ENTREVISTA AQUI:

0:00 Boas vindas 2:00 Rússia perdeu de vez a paciência com o Ocidente. Eles sabem que não têm mais interlocutores. O fato é que o Ocidente perdeu a guerra para a Rússia 7:00 BRICS vão se expandir, com mais candidatos e membros. Hoje, o principal candidato é a Argentina. Surgirá também um novo G8. 10:30 Alemanha já entrou no alerta vermelho energético. O país está se auto-sufocando 13:00 Macron ganhou mas não levou na França. Populações europeias começam a ficar extremamente raivosas. Os protestos já miram a OTAN 16:30 Ninguém compra essa palhaçada de inflação do Putin. Os cidadãos estadunidenses perderam a paciência com Biden 22:00 Estamos vivendo a última cavalgada do Império 26:00 É impossível vislumbrar o final da Operação Z. A conquista total do Donbass pode acontecer até julho. Rússia não permitirá que o que sobrou da Ucrânia tenha acesso ao Mar Negro 28:00 Resposta russa na Lituânia será duríssima 31:00 Ou você é soberano ou é uma colônia 35:00 Turquia está cada vez mais próxima da união euroasiática. É a capital do mundo muçulmano 42:00 O Sul Global identifica cada vez mais a falta de limites da barbárie. Agora, pela primeira vez, um outro mundo é possível, porque pesos pesados, como Rússia e China, estão de fato apostando nisso 51:00 BRICS já estudam criar sua cesta de moedas. Isso poderá ser espalhado para a África e o Sul Global. O trem já saiu da estação 54:00 Caso da Colômbia será discutido na reunião da OTAN. Estando no quintal, é muito complicado lidar com o Império 1:03:00 Situação no Brasil ficou mais perigosa depois das eleições na Colômbia 1:07:00 A Rússia controla os seus oligarcas, diferentemente do Brasil 1:13:00 O Império vai tentar cooptar o governo Lula 1:18:00 Relação ganha-ganha é a sério. China quer ser líder no mundo multipolar, mas não no modo imperial 1:22:00 Lula saberá equilibrar os interesses brasileiros 1:30:00 Sonho europeu ucraniano não será realizado. Europa não quer esse abacaxi