Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

R$ 9 trilhões: investimento na “Nova Mataraca” é quase o PIB do Brasil e 450 vezes o Orçamento da Paraíba

Não ficou claro, ainda, o motivo dos chineses terem escolhido Mataraca para receber os trilhões e nem o que empresários vão ganhar com o investimento.

O anúncio de um investimento de R$ 9 trilhões na construção de um Porto de Águas profundas e uma cidade inteligente em Mataraca, no Litoral Norte surpreendeu pelas cifras.

O ousado projeto vai custar quase o PIB do Brasil, em 2022, e é 450 vezes o Orçamento de R$ 20 bilhões, da Paraíba, previsto para 2024, de acordo com LOA enviada à Assembleia Legislativa.

Não ficou claro, ainda, o motivo dos chineses terem escolhido Mataraca para receber os trilhões e nem o que eles vão ganhar com o investimento.

Mas, segundo os empresários, foram identificadas as melhores características marinhas, como profundidade mais perto da costa, de relevo e potencial logístico.

O grupo chinês Brasil CRT, com sede em Minas Gerais, e que tem um capital social de R$ 800 bilhões, assinou, nesta segunda-feira (11), um protocolo de intenções dos empreendimentos.

Eles vão vão ocupar uma área de 1 milhão e 100 mil m2 (11 mil hectares).  A empresa já tem negócios na região, entre eles, um Parque Eólico.

O documento foi assinado pelo prefeito, Egberto Madruga (PSB), mas o evento não teve participação do governo do estado.

Cópia de cidade na China

No evento, empresários chineses afirmaram que o Porto e a Cidade deve abrigar um população de 250 mil habitantes, mas pode receber 1 milhão de turistas ao mesmo tempo.

Vale registra que o projeto da Nova Mataraca é uma cópia do projeto de “distrito futurista” na cidade sede da Baía de Shenzhen, na China, conforme apuração exclusiva conjunta do blog Conversa Política e do g1 Paraíba.

A conclusão aconteceu após comparar a apresentação feita no evento da prefeitura de Mataraca, por um representante da empresa chinesa, exibindo um modelo com imagens idênticas ao projeto desenvolvido pelo estúdio de arquitetura dinamarquês Henning Larse, com sede em Copenhagen. (Veja vídeo abaixo)

Ao g1 Paraíba, a prefeitura de Mataraca afirmou que desconhece o projeto chinês de Shenzhen e que o grupo também não informou nada sobre a existência de outro projeto que seria parecido com o de nova Mataraca.

A empresa Henninglarsen, autora do projeto, também foi procurada via e-mail, mas não houve resposta. A reportagem também tentou resposta do grupo chinês Brasil CRT, mas não conseguiu contato de representantes.

A cidade

Já a cidade internacional de Mataraca contará com unidades residenciais, comerciais, industriais, serviços, lazer, universidades, colégios, porto, hospitais, estádio, ginásios, prédios públicos, clinicas, comércios, shopping, indústrias, meio transportes modernos, metrô, agricultura, dentre outros benefícios que vai ajudar no crescimento a região do litoral norte e o Estado da Paraíba.

O porto 

O Porto, segundo apresentação, deve ser edificado no estilo ‘offshore’ ou seja ‘extra margem’ e não diretamente ligado à Terra. No Nordeste, um exemplo é o porto de Pecém no Ceará.

Empregos 

A previsão é que a obra possa gerar mais de 100 mil empregos diretos e indiretos, no período de construção, e o Porto e a Cidade quando entrar em funcionamento será impossível mensurar o número de pessoas trabalhando.

O Grupo que está à frente do projeto tem expertise em construção de Cidades Inteligentes tendo participado de construções de Cidades como Dubai, Catar, Singapura, Egito entre outras e pretende implantar a mesma tipologia de negócios noutros estados.

Veja o vídeo apresentado pela empresa:

FONTE:

https://jornaldaparaiba.com.br/politica/conversa-politica/nova-mataraca-investimento-trilhoes-pib-brasil-paraiba/