Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Rússia e China aceleram processo de desdolarização e impulsionam uso de moedas nacionais no comércio bilateral

Rússia e China firmaram acordo para aumentar a utilização de suas moedas nacionais nas transações comerciais, investimentos e empréstimos bilaterais, nesta quinta-feira (16).

A declaração conjunta foi emitida durante encontro das cúpulas russa e chinesa e a medida é vista como um novo capítulo nas relações econômicas entre os países.

O texto da declaração, publicado pelo Kremlin, ressalta o compromisso de ambas as nações em fortalecer os laços da parceria entre os Estados, marcando o 75º aniversário das relações diplomáticas entre Rússia e China.

Na publicação, destacou-se a meta comum de expandir significativamente o uso das moedas nacionais, o rublo russo e o yuan chinês, em várias esferas econômicas.

Durante as discussões, o presidente russo, Vladimir Putin, destacou que cerca de 90% de todas as transações financeiras entre os dois países já são conduzidas em rublos e yuan, enfatizando o impacto positivo que essa mudança proporcionou ao comércio bilateral.

Essa tendência, segundo ele, não apenas simplifica as operações comerciais, mas também fortalece a independência financeira e a estabilidade econômica mútua.

A visita de Estado de dois dias de Putin à China, sua primeira viagem internacional desde o início do novo mandato presidencial, reforça a importância estratégica do relacionamento entre Moscou e Pequim.

As negociações informais dele com o líder chinês, Xi Jinping, que ocorreram à noite na residência de Zhongnanhai, em Pequim, terminaram. Os líderes participaram de uma conversa individual, seguida por um passeio pelo parque e um jantar, onde discutiram os principais temas da cooperação em política externa.

FONTE:

https://www.brasil247.com/economia/russia-e-china-aceleram-processo-de-desdolarizacao-e-impulsionam-uso-de-moedas-nacionais-no-comercio-bilateral