Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Scholz diz que Europa usará reservas congeladas da Rússia para armar a Ucrânia

O Ministério das Relações Exteriores russo classificou o plano como “pirataria do século XXI”.

Após uma reunião em Berlim com os líderes da França e da Polônia, o chanceler alemão, Olaf Scholz, anunciou que a Europa utilizará os lucros extraordinários provenientes de ativos russos congelados para financiar compras de armas destinadas à Ucrânia, de acordo com reportagem da agência Sputnik. A declaração foi feita em uma coletiva de imprensa conjunta com o presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro polonês, Donald Tusk, e foi corroborada pela agência britânica Reuters. Macron, que anteriormente havia sugerido o envio de tropas da OTAN para apoiar a Ucrânia, reiterou seu apoio à iniciativa.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, já havia levantado a proposta de utilizar esses lucros para adquirir equipamentos militares para Kiev. Espera-se que a comissão apresente uma proposta concreta nos próximos dias. Enquanto isso, Moscou já alertou que qualquer medida de confisco de ativos russos congelados resultará em uma resposta simétrica por parte da Rússia. O Ministério das Relações Exteriores russo classificou o plano como “pirataria do século XXI”, denunciando as ações como uma violação da soberania russa. Essa decisão reforça as tensões já existentes entre a Rússia e o Ocidente, especialmente no contexto do conflito em curso na Ucrânia.

FONTE:

https://www.brasil247.com/mundo/scholz-diz-que-europa-usara-reservas-congeladas-da-russia-para-armar-a-ucrania