Associação Brasileira dos Jornalistas

Seja um associado da ABJ. Há 12 anos lutando pelos jornalistas

Sem compaixão, Israel intensifica o holocausto do povo palestino

Governo Netanyahu promove massacre em Rafah e assassina dezenas de palestinos, sobretudo mulheres e crianças.

Mais de 50 bombardeios registrados em Rafah, onde mais de 1,5 milhão de palestinos se encontram refugiados em Rafah.

Israel realiza ataques por ar, terra e mar, num verdadeiro holocausto em busca da solução final.

Pelo menos 48 palestinos foram mortos em ataques aéreos e marítimos israelenses em Rafah durante a noite, de acordo com o Ministério da Saúde em Gaza, informa a Al Jazeera..

A planejada ofensiva terrestre de Israel em Rafah “explodirá” as negociações de troca de cativos, disse no domingo o canal de televisão Al-Aqsa, citando um alto líder do Hamas.

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que um ataque militar terrestre exigiria um plano de “segurança” para mais de 1 milhão de pessoas abrigadas em Rafah.

Um carregamento com fornecimento de alimentos para um mês para Gaza está bloqueado no porto de Ashdod, em Israel, afirma o chefe da UNRWA, Philippe Lazzarini.

Os bombardeios israelenses em Gaza mataram pelo menos 28.176 palestinos e feriram outros 67.784 desde 7 de Outubro.​

APOCALIPSE AGORA EM RAFAH, GAZA

Centenas de palestinos feridos, mortos ou em busca de abrigo chegando em hospital.

Mais de 50 bombardeios registrados em Rafah. +1,5 milhão palestinos refugiados em Rafah.

Ataques israelenses por ar, terra e mar. Um holocausto. A solução final. pic.twitter.com/MygOB7gcMO

— FEPAL – Federação Árabe Palestina do Brasil (@FepalB) February 12, 2024

FONTE: https://www.brasil247.com/mundo/sem-compaixao-israel-intensifica-o-holocausto-do-povo-palestino?tbref=hp