Associação Brasileira dos Jornalistas

capa14anos

SERASA EXPERIAN INVESTIGADA

O MPF – Ministério Público Federal se tornou co-autor de uma ação civil pública que pede que a empresa Serasa Experian seja investigada por suposta venda de dados de seus clientes. De acordo com a ação, cerca de 200 milhões de brasileiros teriam sido vítimas de um gigantesco vazamento de dados deliberado. Dentre as informações vendidas para terceiros, havia números de cartões, dados previdenciários, histórico de compras e muito mais. O MPF “considera que o sistema da Serasa está estruturado na forma de tentáculos ou ramificações, alcançando empresas promotoras para as quais a ele replica dados pessoais, sem autorização dos seus titulares”.
Por Daniel Spirin Reynaldo no seu Facebook
No Brasil a Serasa Experian atua como uma entidade absoluta que define quem pode tomar crédito, quando e como. Sem nenhum tipo de controle regulatório, milhões de pessoas são submetidas aos interesses de um grupo privado, cujas práticas são pra lá de duvidosas.
Se você está recebendo propaganda invasiva direcionada ou se enfrenta muitas dificuldades para arrumar um emprego, saiba que seus dados coletados pelo sistema bancário e de empresas como a Serasa podem ser os responsáveis pelos seus problemas. No país, muitas empresas utilizam o histórico de compras dos cidadãos para avaliar se possíveis candidatos a vagas de emprego fazem usos de medicamentos e produtos que possam indicar problemas de saúde presentes ou futuros.
FONTE
https://www.facebook.com/daniel.omettalspirin